Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você concorda e aceita nossa Política de Privacidade.

Se preferir, informe quais cookies você permite utilizarmos clicando aqui.

Política de Cookies

Cookies são arquivos que auxiliam no reconhecimento do seu acesso ao site. Para personalizar e melhorar sua experiência, sugerir conteúdos de acordo com seu perfil, e facilitando a navegação de forma segura. Abaixo, temos a descrição de quais são os tipos de Cookies que usamos . Caso tenha dúvidas, acesse a nossa Política de Privacidade.

Tipos de Cookies que usamos

Essenciais

Estes cookies são imprescindíveis para a operação do site. A opção de usá-los vem selecionada por padrão, pois sem eles, a navegação fica comprometida e você não consegue aproveitar algumas funcionalidades básicas que o nosso site oferece.

Escola Aberta do Terceiro Setor

Cursos

Notícias

Link copiado para área de transferência

Para fazer essa ação você precisar estar logado na plataforma.

O Terceiro Setor, que engloba as Organizações da Sociedade Civil (OSCs), tem tido um papel fundamental para o desenvolvimento social nos últimos anos.

Entretanto, muitas pessoas ainda desconhecem o termo e a sua vital contribuição para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Se você quer entender o que é o Terceiro Setor de fato e suas atividades, continue acompanhando este conteúdo:

O que é o Terceiro Setor?

As organizações da sociedade brasileira são divididas em três setores. O primeiro é aquele formado por instituições do Estado, enquanto o segundo é constituído por empresas privadas com fins lucrativos.

O Terceiro Setor, por sua vez, é composto pelas organizações sem fins lucrativos, sendo esta a sua característica principal. Em geral, elas realizam ações solidárias, filantrópicas e trabalhos voluntários com o objetivo de proporcionar uma vida digna à população mais vulnerável.

A ordem estabelecida não está relacionada ao valor de cada uma das categorias, portanto o Terceiro Setor não tem importância menor que os outros dois. Inclusive, ele tem grande participação na promoção de serviços e direitos em locais não englobados pelo Estado.

Organizações do 3º Setor

Um fato sobre o Terceiro Setor é que suas organizações são denominadas Fundações ou Associações. Os termos são jurídicos e podem ser entendidos da seguinte forma:

  • Fundação: tem finalidade filantrópica e faz parte de uma organização privada. Muitas ações sociais podem ser financiadas por ela.
  • Associação: trata-se de uma organização formada por pessoas que se reúnem sem fins lucrativos, em geral para auxiliar causas sociais, ambientais, educativas, entre outras. Para sua criação, é assinado um documento de estatuto social.

Esses dois modelos de organizações podem ser desmembrados em OSCs e entidades filantrópicas. Entretanto, há organizações do Terceiro Setor que não atuam necessariamente com causas sociais, como é o caso de partidos políticos e clubes de futebol.

O Marco Regulatório do Terceiro Setor

Em agosto de 2014, foi aprovada a Lei nº 13.019/2014, conhecida como Marco Regulatório do Terceiro Setor. O objetivo da lei é regulamentar a transferência de recursos do Estado para entidades sem fins lucrativos.

Esse regime jurídico tornou os contratos firmados entre o poder público e o Terceiro Setor ainda mais rigorosos.

As organizações sem fins lucrativos precisam seguir determinadas regras para obter recursos públicos, prestar contas sobre o uso destes subsídios e expor os resultados alcançados com eles.

Com isso, a contabilidade adquiriu um papel relevante para o Terceiro Setor, que precisa apresentar dados com base no que exige a lei.

Benefícios para a sociedade

Atualmente, o Terceiro Setor é um agente essencial para garantir que diversas comunidades tenham acesso a direitos básicos.

É o caso de pequenos munícipios que, muitas vezes, necessitam da ajuda de OSCs para obter serviços como educação de qualidade e assistência médica. Dessa forma, muitas organizações do Terceiro Setor estão contribuindo para a diminuição da desigualdade social.

Por terem autonomia em relação ao Estado, instituições e fundações ainda podem contribuir com a sociedade a partir de metodologias diferentes do poder público.

Vale ainda citar o papel dos profissionais ligados ao Terceiro Setor na fiscalização de atividades estatais. Muitas vezes, são eles os responsáveis por pressionar o poder público a realizar ações de assistência a determinadas comunidades carentes.

Escola Aberta do Terceiro Setor

A Escolar Aberta do Terceiro Setor é uma iniciativa de diversas instituições. Seu objetivo é promover a capacitação de profissionais desse importante setor da sociedade.

Para isso, são ofertados cursos gratuitos na modalidade de ensino à distância, que desenvolvem habilidades específicas do profissional. Todos os cursos são ministrados por professores de referência e o aluno tem a liberdade de definir seu cronograma de estudos.

Atualmente, a Escola Aberta do Terceiro Setor faz parte do E-Hive e cresce cada vez mais para oferecer cursos livres que fazem a diferença na evolução profissional de muitas pessoas.