Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você concorda e aceita nossa Política de Privacidade.

Se preferir, informe quais cookies você permite utilizarmos clicando aqui.

Política de Cookies

Cookies são arquivos que auxiliam no reconhecimento do seu acesso ao site. Para personalizar e melhorar sua experiência, sugerir conteúdos de acordo com seu perfil, e facilitando a navegação de forma segura. Abaixo, temos a descrição de quais são os tipos de Cookies que usamos . Caso tenha dúvidas, acesse a nossa Política de Privacidade.

Tipos de Cookies que usamos

Essenciais

Estes cookies são imprescindíveis para a operação do site. A opção de usá-los vem selecionada por padrão, pois sem eles, a navegação fica comprometida e você não consegue aproveitar algumas funcionalidades básicas que o nosso site oferece.

Escola Aberta do Terceiro Setor

Cursos

Notícias

Link copiado para área de transferência

Para fazer essa ação você precisar estar logado na plataforma.

elementos tecnológicos na palma da mão de uma pessoa

Seguir uma carreira em tecnologia tem sido o objetivo de muitos profissionais. Isso ocorre porque a área está em constante crescimento, principalmente no Brasil.
Dados da IDC Brasil apontam que esse mercado deverá crescer cerca de 7,6% no país em 2023, estimativa essa que supera as porcentagens estimadas para a América Latina e todo o mundo.
Um setor em expansão necessita de mão de obra qualificada. Quem busca se destacar rapidamente está de olho nessas vagas. Entretanto, as opções para uma carreira em tecnologia são diversas. Desse modo, surge a questão: qual profissão escolher?
Para ajudar profissionais que estão entrando no mercado de trabalho, elencamos algumas das principais carreiras da área a seguir:

Técnico de segurança da Informação

Proteger dados nunca foi tão importante quanto nos dias atuais. Em um mundo cada vez mais conectado, qualquer aparelho está suscetível a ataques cibernéticos. Profissionais de segurança da informação cuidam para que isso seja evitado e dados, sistemas e equipamentos permaneçam protegidos de possíveis ameaças.
O mercado brasileiro vem apostando bastante em soluções para a proteção de informações de usuários, o que torna a profissão muito atrativa. O destaque vai para empresas do setor financeiro, que devem investir pesado na preservação de dados sensíveis para impedir golpes.
Para conseguir elaborar estratégias que bloqueiem ataques hackers, esses profissionais precisam ter um conhecimento profundo sobre sistemas de monitoramento. Desse modo, eles conseguem identificar a vulnerabilidade de uma plataforma e buscar pela resolução mais eficiente.

Engenheiro de computação

Este profissional tem um amplo conhecimento sobre computação e tecnologia. Um engenheiro de computação pode atuar tanto no desenvolvimento e programação de hardwares (equipamentos físicos) quanto de softwares (programas para computadores, tablets, entre outros).
Em vista disso, ele se torna um dos indivíduos mais valiosos na área de tecnologia da informação. As oportunidades de atuação do engenheiro de computação abrangem empresas de robótica, automobilística, comércio eletrônico, bancos, entre muitas outras.

Analista de Business Intelligence

As empresas atualmente coletam e utilizam dados para conseguir aperfeiçoar seus processos internos e alcançar melhores resultados. O analista de Business Intelligence (ou BI) é o responsável por auxiliá-las nesse objetivo.
Ele possui conhecimento sobre programas de coleta de informações e pode conduzir estudos essenciais para a tomada de decisões estratégicas. Muitas das transformações ou mudanças de um negócio são realizadas com base nas análises desse profissional.
Além de habilidades com tecnologia da informação, um analista de BI ainda precisa ter uma boa noção mercadológica para ser capaz de prever tendências e agir com eficiência.

Web designer

O desenvolvimento de sites continua em alta no mercado de trabalho, o que torna o web designer um profissional com altas chances de contratação. Ele atua na criação visual de páginas da web e peças digitais.
Sua responsabilidade ainda envolve a promoção de melhorias em um site, conforme forem identificadas nossas necessidades para a plataforma.
Em locais que possuem equipes de desenvolvimento, o web designer também pode atuar como gestor da área. Nesses casos, ele precisa monitorar e auxiliar o restante de seu time na elaboração de uma página. Quando isso ocorre, além do conhecimento sobre tecnologia, o profissional precisa ter experiência ou habilidades técnicas de gestão.

UX Designer

Planejar um site ou aplicativo não envolve apenas estruturar suas funcionalidades e seu visual. É necessário pensar na experiência do usuário de forma completa para que tudo seja executado eficientemente e a usabilidade não fique comprometida.
Essa é a função do UX designer, que é a carreira de indivíduos que precisam pensar em maneiras de melhorar o modo como os usuários interagem com novas plataformas.
Além de prezar pela excelência da experiência interativa, ele também deve levar em consideração os objetivos de quem disponibiliza o determinado produto (seja ele uma página na web ou um software). A tarefa não é simples, o que torna este profissional altamente requisitado.

Técnico de informática

Os técnicos de informática são profissionais que estão sempre em alta. Eles atuam tanto na montagem de aparelhos eletrônicos em geral como na manutenção deles.
Em ambientes empresariais, ele também é requisitado para a configuração de redes de comunicação e sistemas. Como o uso de computadores se tornou essencial em qualquer negócio, a presença desse profissional é garantida nos times de tecnologia de informação das empresas.

Desenvolvedor de games

O desenvolvimento de games é uma área da tecnologia que está em constante crescimento, em especial no Brasil. Cada vez mais são lançados jogos para computadores, consoles e principalmente smartphones, de modo que ter profissionais qualificados para o trabalho é vital para a conclusão de projetos.
Seguir uma carreira de desenvolvedor exige conhecimento de diversas linguagens de programação, mas pode ser uma boa escolha para quem busca avançar no mercado construindo videogames divertidos para o público.

Qual curso fazer para seguir uma carreira em tecnologia?

Um fato interessante é que algumas das profissões citadas não exigem formação superior para que um indivíduo alcance sua colocação no mercado de trabalho. Embora existam graduações na área, há quem busque por cursos profissionalizantes na hora de se qualificar.
Entretanto, para seguir os estudos dessa forma, é preciso saber gerenciar o tempo de aprendizagem de forma efetiva e selecionar cursos ministrados por profissionais com boas referências.
Geralmente, porém, é a dedicação do profissional que poderá ajudá-lo a se destacar em uma carreira na área de tecnologia, seja investindo no ensino superior ou em cursos técnicos e livres.