Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você concorda e aceita nossa Política de Privacidade.

Se preferir, informe quais cookies você permite utilizarmos clicando aqui.

Política de Cookies

Cookies são arquivos que auxiliam no reconhecimento do seu acesso ao site. Para personalizar e melhorar sua experiência, sugerir conteúdos de acordo com seu perfil, e facilitando a navegação de forma segura. Abaixo, temos a descrição de quais são os tipos de Cookies que usamos . Caso tenha dúvidas, acesse a nossa Política de Privacidade.

Tipos de Cookies que usamos

Essenciais

Estes cookies são imprescindíveis para a operação do site. A opção de usá-los vem selecionada por padrão, pois sem eles, a navegação fica comprometida e você não consegue aproveitar algumas funcionalidades básicas que o nosso site oferece.

Escola Aberta do Terceiro Setor

Cursos

Blog

Link copiado para área de transferência

Para fazer essa ação você precisar estar logado na plataforma.

Há uma alta demanda em ambientes hospitalares por profissionais preparados para atender pacientes da maneira correta e interpretar receitas. Além disso, é necessário manter a organização do local de trabalho para garantir que as medicações não se percam no estoque.
Essas são algumas das tarefas do auxiliar de farmácia, um profissional que, ao contrário do que muitos imaginam, não fica apenas restrito à atuação em drogarias e pode trabalhar em diversos lugares, a exemplo de hospitais públicos ou privados, postos de saúde e farmácias de manipulação. Quer saber mais sobre ele? Então, continue acompanhando este texto:

O papel do auxiliar de farmácia

auxiliar de farmácia organizando os medicamentosEmbora a venda de medicamentos seja uma função comum do auxiliar de farmácia, suas demandas são mais amplas.
Conhecido ainda como auxiliar farmacêutico, ele também se encontra presente em postos de saúde e hospitais, que precisam a todo momento de pessoas qualificadas para prestar atendimentos e conferir receitas.
Seu papel é essencial para o controle dos processos, pois além do atendimento presencial ou telefônico, ele contribui na logística e no ordenamento de seu ambiente de trabalho. O registro de medicamentos, o descarte de itens vencidos e a manutenção de prateleiras são algumas das funções dele.
Para conseguir realizar todas as suas tarefas com excelência, o profissional também trabalha com sistemas de gestão com os quais ele pode administrar a entrada e saída de medicamentos. Isso facilita a identificação e solicitação de produtos em falta.
No dia a dia, ele atuará sempre ao lado do farmacêutico, que pode necessitar seu apoio em diferentes situações.
Como seu trabalho é altamente delicado por tratar de cuidados com a saúde de terceiros, é indicado que o auxiliar de farmácia tenha conhecimentos sobre a anatomia e fisiologia. Desse modo, ele pode atender pacientes com maior cuidado e ajudá-los em casos de extrema necessidade que solicitem ações de primeiros socorros.

Habilidades profissionais

auxiliar de farmácia atendendo cliente

Há um grupo específico de habilidades que são esperadas que um auxiliar farmacêutico tenha desenvolvido. Entre elas, é possível citar:

  • Boa comunicação;
  • Capacidade de gestão de tempo;
  • Conhecimento amplo sobre medicamentos;
  • Proatividade e agilidade;
  • Alto grau de responsabilidade;
  • Conhecimentos básicos de informática;
  • Capacidade de seguir normas de segurança.

Além das competências citadas, ele também deve ficar atento à sua imagem e apresentação pessoal. Como realiza atendimento ao público em ambientes de saúde, ele deve presar por um visual neutro, com poucos adornos, e evitar o uso de perfumes fortes que possam afetar pessoas sensíveis que já estão com a saúde debilitada.

O auxiliar de farmácia no mercado de trabalho

Cuidados com o bem-estar são sempre requisitados pela sociedade em geral. Por isso, o mercado de trabalho para o auxiliar de farmácia é amplo e com um número alto número de vagas abertas, o que torna a profissão atrativa, em especial para aqueles que buscam seguir na área da saúde.
Outro chamariz da profissão é o salário, que podem superar a marca dos R$ 2 mil. Há muitas chances de crescimento e quem inicia sua jornada de trabalho como auxiliar de farmácia pode alcançar outras funções administrativas e de gestão em seus locais de trabalho.

Como dar o primeiro passo nessa carreira?

Para ingressar nessa área, o profissional precisa de um curso para se qualificar. Assim, será possível ter contato com noções básicas e boas práticas para atuar na área da saúde.
Fundamentos químicos e conceitos de gerenciamento de processos também são alguns dos conhecimentos que o profissional aprenderá quando busca por sua qualificação.
O E-Hive conta com um curso de auxiliar de farmácia que desenvolve todas as competências necessárias para que o aluno se torne um profissional de destaque na área da saúde. Por meio de uma moderna metodologia de ensino, o foco do curso é tornar o indivíduo preparado para atuar no mercado com eficiência.
Quer saber mais? Então conheça o curso de auxiliar de farmácia da e-Hive.