Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você concorda e aceita nossa Política de Privacidade.

Se preferir, informe quais cookies você permite utilizarmos clicando aqui.

Política de Cookies

Cookies são arquivos que auxiliam no reconhecimento do seu acesso ao site. Para personalizar e melhorar sua experiência, sugerir conteúdos de acordo com seu perfil, e facilitando a navegação de forma segura. Abaixo, temos a descrição de quais são os tipos de Cookies que usamos . Caso tenha dúvidas, acesse a nossa Política de Privacidade.

Tipos de Cookies que usamos

Essenciais

Estes cookies são imprescindíveis para a operação do site. A opção de usá-los vem selecionada por padrão, pois sem eles, a navegação fica comprometida e você não consegue aproveitar algumas funcionalidades básicas que o nosso site oferece.

Escola Aberta do Terceiro Setor

Cursos

Notícias

Link copiado para área de transferência

Para fazer essa ação você precisar estar logado na plataforma.

Os avanços tecnológicos não param. Com a expansão dos serviços digitais, o mercado de trabalho abre cada vez mais espaço para profissionais que atuam como desenvolvimento de páginas para a web e softwares. Graças a isso, a área de programação está aquecida e oferece muitas oportunidades para os novos profissionais que entram no mundo corporativo.

Por isso, seguir uma carreira como programador se mostrar uma opção bastante promissora para quem busca o primeiro emprego. A seguir, você vai conhecer mais alguns benefícios dessa ocupação que vão além do alto volume de vagas disponíveis:

Programação faz parte da sociedade atual

programação de um projeto no computadorComo a tecnologia transformou os hábitos da sociedade, a programação se tornou essencial no dia a dia. Jogos, sites, aplicativos: todo o tipo de ferramenta atual precisa de um programador por trás que dê vida a uma ideia.

Mesmo para assistir a aulas on-line é necessária a ação desse profissional. Por tal motivo, quem atua na área sabe que terá seu trabalho valorizado. Há ainda a chance de poder concorrer a vagas em diferentes negócios, de acordo com sua vontade ou com as oportunidades oferecidas.

Salários são atrativos

Apesar de as portas estarem abertas para o setor, as empresas ainda têm uma grande dificuldade em contratar profissionais de programação bem capacitados. Em vista disso, os salários oferecidos são bastante atrativos.

A remuneração média para quem está começando na área é de R$ 3 mil. Entretanto, o valor pode aumentar conforme se ganha experiência.

Além disso, muitos programadores trabalham de forma autônoma. Desse modo, eles podem atender vários clientes e garantir rendas maiores.

Conhecimentos aplicáveis em diversos setores

Um dos benefícios de atuar com programação é o desenvolvimento de competências que podem ser aplicadas em áreas distintas. Desse modo, além da atuação ampliada, o profissional poderá auxiliar diversas equipes e em diversos negócios.

Trata-se de algo que o fará ser valorizado por seus colaboradores. Além disso, poderá ajudá-lo a alcançar melhores colocações no mercado, inclusive cargos de gestão.

Home office e horários flexíveis

Com a possibilidade de trabalhar com maior liberdade, o programador pode atuar de sua própria residência e muitas vezes controlar seus horários. Entretanto, é necessário ter disciplina e uma boa gestão de tempo para exercer suas atividades com diligência. Ainda assim, é um dos grandes benefícios dessa ocupação e gera maior qualidade de vida para o profissional.

Por atuar em home office, algumas pessoas até mesmo oferecem seus serviços para empresas que não estão na mesma cidade em que residem. Há casos de vagas para programação disponibilizadas até mesmo por empresas de outros países. Isso exemplifica a amplitude de possibilidades que vão além do mercado brasileiro.

Rápida ascensão

Em geral, profissionais que trabalham com programação conseguem crescer mais rapidamente no mercado e receber melhores remunerações. Isso claro, vai depender dos conhecimentos do programador e sua dedicação junto à área.

Entretanto, o mercado valoriza profissionais empenhados e por isso muitas empresas garantem melhores colocações para aqueles que se destacam.

Não necessita de ensino superior

Quem busca uma colocação no mercado de forma ágil, sem necessariamente precisar ficar um longo tempo em graduações, pode escolher essa área. O importante aqui é conhecer as técnicas de programação e possuir ao menos um portfólio para chamar a atenção de empregadores.

Por isso, muitos programadores se focam em fazer cursos livres de rápida duração, ao invés de uma graduação. Com uma qualificação mais curta, eles podem buscar por vagas no setor e obter uma renda própria em pouco tempo.

Ainda é possível encontrar oportunidades de emprego para diversos níveis de competência técnica do programador. Isso significa que, independentemente do conhecimento adquirido, sempre haverá chances de inserção no mercado de trabalho.

Inclusive, esse profissional pode escolher se prefere trabalhar mais com o desenvolvimento de página para a web, aplicativos para celulares ou até softwares. Tudo dependerá de suas habilidades adquiridas ao longo de seus estudos.

Caso uma pessoa busque graduação na área, elas também costumam ser curtas. Em geral, um curso numa faculdade possui um tempo de duração de seis a oito semestres.

Possibilidade de empreender

Mentes empreendedoras também encontram na programação uma grande oportunidade de abrir um negócio próprio. É possível iniciar algo na área de desenvolvimento de sites ou aplicativos, como uma start-up.

O conhecimento de programação ainda é útil para quem já possui uma empresa própria, mas quer melhorar sua colocação no mercado digital. Nesse caso, é possível colocar em prática as técnicas de construção de páginas na web para começar um e-commerce.

Programador é uma das profissões do futuro

Quem busca capacitar-se como programador sabe que está seguindo a tendência do mercado atual. Afinal, as evoluções tecnológicas não param, de modo que os serviços desse profissional continuarão sendo requisitados por muitos anos no futuro.

Entretanto, nesse ponto é bom prestar atenção: para se manter relevante no mercado, é preciso se atualizar. Por isso, quem atua na área de programação também deve ler com frequência e fazer especializações a todo o momento.

Ficar por fora das novidades tecnológicas é altamente perigoso para a carreira desses profissionais.

Como iniciar uma carreira em programação?

Como explicado anteriormente, para conseguir uma colocação no mercado como programador, é preciso adquirir conhecimentos técnicos. Obviamente, isso só é possível através de muito estudo e prática na área. Cursos de qualificações são vitais nesse momento.

Pensando nisso, a e-Hive oferece curso de Introdução à Programação a profissionais que buscam crescer nesse setor em ascensão. Trata-se de uma qualificação pensada na atuação direta no mundo corporativo. Seu conteúdo abrange conhecimentos fundamentais e aprofundados para atuação como programador.

Acesse o curso e saiba mais sobre essa possibilidade de capacitação.